O Rio de Janeiro de bicicleta é imperdível

A repórter da Gazeta Gabriela Yamada vai para o Rio de Janeiro no final de novembro. Aproveito a oportunidade para dar uma dica, que na minha opinião é imperdível. A Prefeitura do Rio tem o sistema de aluguel de bicicletas. Por R$ 10 você pega uma bike em algum dos 20 pontos espalhados pelos mais belos lugares da cidade. Esse preço lhe dá o direito de ficar com a bicicleta 24 horas.

Sou uma frequentadora assídua do Rio de Janeiro e nunca tinha saído por aí de bicicleta até o meu irmão, que mora lá, me garantir que isso era uma das melhores coisas a serem feitas por um turista. Estava hospedada em Copacabana e aluguei lá mesmo, num ponto perto do Arpoador. Fui do Leme ao Leblon pela orla e depois fui até a Lagoa Rodrigo de Freitas e pedalei por todo o entorno. Depois voltei para Copacabana e devolvi a bicicleta no mesmo ponto, mas você pode devolver em qualquer um dos pontos da cidade. A cidade é munida de ciclovia e os carros costumam respeitar os ciclistas.

O sistema de aluguel é simples e eficiente. Vá para um dos pontos munido de um celular (com crédito) e um cartão de crédito. Toda a transação será feita pelo celular. Não há funcionários no local para te ajudar, mas basta ler as instruções com cuidado que vai dar certo. Se eu consegui, todo mundo consegue. A bicicleta também é bacana: estilo conforto, tem cestinha, pezinho (necessário quando você decide parar para tomar uma água de coco), buzina (acredite, você vai precisar) e algumas marchas (não 21, mas o necessário) e são bem conservadas.

O meu irmão tinha razão: depois de tantas idas ao Rio descobri que pedalar pela cidade traz uma sensação inexplicável de prazer e não vejo a hora de voltar para lá para fazer isso de novo e por mais tempo.


P.S: Aproveite que você está no Rio, vá até o Mercado Humaitá, em Botafogo, e almoce ou jante no Rota 66, um restaurante especializado em comida mexicana e texana. Já que está lá, peça uma cerveja Helada (mitchelada) com um combo tex-mex e coma até passar mal. É de chorar!

1 comentários:

Mariana 12 de novembro de 2012 21:39  

Qualquer pessoa, até os turistas podem alugar essas bicicletas?
O preço está bastante accessível e é um exercício muito importante para a saúde.
Também um tem que prestar atenção ao delivery de comida que se faz, que seja o mais saudável possível.

Ocorreu um erro neste gadget

Quem sou eu

Minha foto
Jornalista. Ardida. Gosta de livros, música, Mafalda, São Jorge, sorvete, corrida e bicicleta. Canta sozinha na rua e conta helicópteros no céu.

Nosso Cortiço

Um blog para compartilhar aquilo que nem sempre há pessoas para compartilhar.

Outros cortiços

Quem perde tempo comigo