Dos tipos que encontramos no cinema

Tem gente que tira o sapato, tem gente que não desliga o celular, tem gente que não desliga o celular e atende o telefone baixinho quando o aparelho toca, tem gente que deixa o telefone no silencioso, mas continua a se comunicar pelo whatsapp, tem gente que coloca o pé na própria poltrona, tem gente que coloca o pé na poltrona da frente, tem gente que coloca o pé na poltrona da frente e fica chacoalhando, tem gente que fica comentando o filme todo com a amiga do lado, tem gente que fica beijando o namorado, tem gente que come pipoca, tem gente que come sozinha um saco de pipoca gigante, tem gente que divide a pipoca, tem gente que não divide nem a pau, tem gente que come a pipoca toda ainda nos trailers, tem gente que termina o filme sem ter terminado a pipoca, tem gente que não come pipoca, tem gente que prefere bala, tem gente que prefere chocolate, tem gente que só toma água e tem até gente que toma vinho acompanhado com tábuas de frios servido por garçom.  Tem gente que chega atrasada, tem gente que chega atrasada e liga o celular para fazer de lanterna e tentar encontrar a poltrona, tem gente que deixa o lixo na poltrona depois que o filme termina, tem gente que leva o lixo para o lugar certo, tem gente que levanta assim que o filme acaba, tem gente que só levanta quando os créditos se encerram, tem gente que chega e já procura as saídas de emergência caso o local pegue fogo, tem gente que mal enxerga os degraus, tem gente que vai sozinha, tem gente que não vai sozinha por nada nesse mundo, tem gente que leva a mãe, tem mãe que leva o filho, tem filho que leva o irmão, tem irmão que leva o sobrinho e tem sobrinho que leva a tia. Tem gente que já dá problema na fila. Tem gente que paga meia entrada mas não leva o comprovante, mas quer pagar meia entrada mesmo assim, tem gente que não consegue decidir por nada nesse mundo qual poltrona livre irá sentar, tem gente que pede a opinião da atendente para decidir qual poltrona sentar, tem namorado que paga para a namorada, tem namorado que só paga o próprio bilhete, tem gente que esquece o cartão e não consegue pagar, tem gente que reclama do ar condicionado, tem gente que reclama do calor, tem gente que antes vai às compras e entra para o filme com sacolas que fazem barulhos, tem gente que dorme, tem gente que dorme e ronca, tem gente que sai no meio do filme, tem gente que aguenta até o final por pior que seja, tem gente que levanta para ir ao banheiro, tem gente que levanta para comprar mais pipoca, ou mais coca-cola, tem gente que gosta de sentar nas poltronas do canto, tem gente que prefere as salas VIP, tem gente que prefere as poltronas do canto para namorar, tem gente que reclama do preço, do tamanho da sala e da projeção, tem gente que só vai ao cinema aos finais de semana, tem gente que se arruma para ir ao cinema como se fosse uma festa, tem gente que só gosta de filme alternativo, tem gente que só assiste blockbuster, tem gente que assiste qualquer coisa e tem até gente que assiste musical-iraniano-de época, tem gente que vai muito, tem gente que vai pouco e tem gente que não vai ao cinema porque nem gosta de filme.
Todos nós temos um pouco de tudo ou um tudo de pouco, mas ontem eu conheci um novo tipo de gente no cinema, aquele tipo que lê as legendas em voz alta. Esse tipo também pode ser classificado como gente que faz você se desconcentrar dos filmes ou ainda gente que te faz ter vontade de pedir para ela parar com isso peloamordedeus ou ainda gente que te faz pensar que cada um tem mesmo a sua estranha mania.

Ocorreu um erro neste gadget

Quem sou eu

Minha foto
Jornalista. Ardida. Gosta de livros, música, Mafalda, São Jorge, sorvete, corrida e bicicleta. Canta sozinha na rua e conta helicópteros no céu.

Nosso Cortiço

Um blog para compartilhar aquilo que nem sempre há pessoas para compartilhar.

Outros cortiços

Quem perde tempo comigo